Como cuidar do cabelo descolorido

Tirar a cor do seu cabelo pode ser um processo agressivo para os fios. Aprenda a lidar com eles nesse momento

Publicado por Redação Natura - 04/01/2018

É possível desfrutar de um cabelo descolorido e saudável! Porém, os cuidados que você terá com seus fios após o processo químico serão constantes e começam antes mesmo de chegar ao salão. Para começar, faça um cronograma capilar. Nada mais é do que uma agenda na qual você se compromete a realizar algumas atividades para cuidar dos seus fios. “O bom é hidratar o cabelo dez dias antes para preparar as madeixas”, afirma Guilherme Cassolari, especialista em cabelos da Natura.

Para descolorir, o cabelo passa primeiro pelo processo de abertura de cutículas e nesse momento, água e nutrientes acabam indo embora junto com a cor. “O cabelo perde substâncias naturais, fica ressecado e com mais frizz”, explica o especialista. Ou seja, precisamos retomar essa força que nutre e dá brilho, e isso requer ajuda.

Conte com produtos adequados

Alguns produtos serão seus melhores amigos nessa empreitada. Especialmente aqueles cremes capazes de hidratar seus fios profundamente. É melhor pensar em um time completo de heróis, como o Kit Choque Tratamento Restaurador Imediato Pós-Química Plant. Ele é capaz de garantir brilho e maciez para os cabelos porque devolve os nutrientes perdidos e restaura as camadas da fibra capilar. Além disso, ele vai prolongar os efeitos dos processos químicos e ajudar a reduzir o frizz

O uso é bem simples. Basta aplicar a Máscara regeneradora e o Sérum potencializador de restauração no cabelo e deixar agir por 3 minutos antes de enxaguar. Aí, a recomendação de Cassolari é lavar normalmente com Shampoo e Condicionador Revitalização Pós-química Plant com cuidado intenso e finalizar com o Sérum restaurador finalizador do kit. “Os produtos precisam ser específicos para esse tipo de cuidado”, completa.

Gui Cassolari ressalta que nenhum desses procedimentos é bobagem. “Cabelo descolorido fica propenso à quebra, tem que tomar muito cuidado!”, adverte.