Como usar o iluminador na maquiagem

Aprenda a realçar sua beleza com muita luz e naturalidade

Publicado por: Redação Natura- 29/11/2017
 


 

Um dos queridinhos da maquiagem, o iluminador tem se tornado item indispensável no make. Além de dar um ar de sofisticação, seu efeito realça a beleza de um jeito natural e “saudável”. O momento certo de usar? Depende do seu gosto! Versátil, ele pode aparecer bem tímido no dia-a-dia ou ser a estrela do make com uma pele bem iluminada à noite. Marcos Costa, maquiador oficial da Natura, conta alguns segredinhos sobre esse xodó internacional.

Principal função
O iluminador traz luz para a maquiagem, destacando os pontos altos do rosto. Quer dar aquela “aumentadinha” em algum ponto? É aí que ele entra.

Onde aplicar?
Os pontos mais comuns são o topo das maçãs da face, ponte do nariz (aquele ossinho superior),  queixo e arco do cupido (curvinha entre a boca e o nariz, acima do lábio superior), mas podem variar de acordo com as preferências de cada um.

Tons e texturas
“Peles mais claras podem optar pelos tons perolizados. Para peles mais escuras, recomendo os bronzes ou dourados”, diz o maquiador.

O iluminador pode ser encontrado em pó, em creme e até em forma de lápis. Na hora de escolher, opte pela textura que melhor se adapta ao seu estilo e sua pele. “O iluminador Marmorizado de Aquarela pode ser usado como blush nas peles claras e médias. Para as negras, fica lindo se for combinado com um blush rosa escuro. Primeiro, deve-se aplicar o blush. Depois, dê leves pinceladas com o iluminador no topo da maçã, entre os olhos e o blush”, ensina Marcos Costa.
E para as peles oleosas, uma dica a mais: “Dá para usar uma sombra compacta como iluminador, sabia? As cores das sombras claras da coleção Artisan dão um ótimo resultado!”, conclui.