Aprenda a cuidar da pele do recém-nascido

Como usar os produtos mais adequados no início da jornada com os pequenos

Publicado por: Redação Natura- 29/12/2017


 

O cuidado com o bebê é um momento de prazer e troca que se inicia ainda na gravidez e se intensifica a partir do nascimento. As preocupações e cautelas são compreensíveis e uma das dúvidas mais frequentes entre papais e mamães se dá na aplicação de produtos para o recém-nascido e qual o melhor momento para usá-los.

Os produtos da linha Mamãe e Bebê possuem fórmulas diferenciadas e minimalistas, com menor número de ingredientes em concentrações, sendo, ao mesmo tempo, eficazes, seguros e suaves com a pele.

Cuidados com a pele

Durante o primeiro mês de vida, é recomendado usar produtos que atendam apenas às necessidades de higiene e cuidado do bebê.
Os mais indicados da linha são: sabonete líquido glicerinado da cabeça aos pés, shampoo suave e espuma de limpeza da cabeça aos pés, com fragrância relaxante que auxilia no momento sono.

Hidratação

A pele do bebê, por ser mais fina, tende a perder mais água quando comparada à pele de um adulto. As loções hidratantes da linha Mamãe e Bebê possuem fórmulas testadas sob supervisão de dermatologistas e pediatras, promovendo hidratação imediata por até 24 horas, com reequilíbrio das camadas superiores da pele do bebê após o banho, exposição ao sol, ao frio ou quando for necessário. Seu uso deve ser evitado nas áreas do rosto.

Tranforme o  uso dos produtos em momentos de afeto e conexão com seus pequenos. Eles vão amar, e você também.

Massagem Shantala: estreitando vínculos entre pais e bebês

A Shantala, método de massagem especialmente desenvolvido para os bebês, é a arte de dar e receber amor. Conhecida na Índia, foi divulgada ao mundo pelo obstetra francês Dr. Frederick Leboyer nos anos de 1970 e leva o nome em homenagem à mulher que o encantou com a força e a beleza em um momento de amor e troca com o seu bebê. Até hoje, a Shantala é considerada uma terapia que traz bem-estar tanto para quem recebe a massagem, quanto para quem a faz.

O principal objetivo dessa milenar massagem indiana é ampliar os momentos de contato entre pais e filhos e fortalecer o vínculo. Portanto, não se preocupe demais com a técnica. Cada bebê é um indivíduo e o seu sinal de satisfação é o melhor indício para saber se os movimentos estão adequados.
A única recomendação é fazer a massagem em seu bebê somente se você estiver se sentindo tranquila e relaxada.

Preparativos

Você vai precisar de:
- Um produto emoliente (como um óleo) de uso exclusivo infantil e dermatologicamente testado. O óleo vegetal para higiene da linha Mamãe Bebê é ideal, pois facilita para o deslizamento das mãos pela pele do bebê. Não aplique o produto na região do rosto e mãos do bebê.

- Uma toalha para apoiar o bebê;

O bebê deve estar totalmente despido e o quarto, aquecido, para que ele não sinta frio em nenhum momento. Procure uma posição confortável para vocês dois: fique em pé e massageie o bebê sobre o trocador ou, se preferir, sente-se na cama ou no chão e coloque seu filho sobre suas pernas ou a sua frente.

Momento Massagem

Antes de iniciar a massagem, aqueça suas mãos, friccionando uma na outra. Num misto de delicadeza e firmeza, deslize as mãos em movimentos ritmados e contínuos, da cabeça aos pés, em cada parte do corpo do bebê.

Essa troca de afeto e energia entre pais e filhos, promove ao bebê um melhor reconhecimento do seu corpo, de como ele é capaz de se comunicar e de se relacionar com o outro e consigo mesmo. Nesse momento de carinho, crianças e adultos estabelecem uma relação mais profunda e interligada de seus corpos, suas emoções e, portanto, suas relações.