De mãos limpas na medida certa

Usar os produtos adequados diminui o risco de contaminação por bactérias e fungos e preserva as defesas naturais do corpo

Você sabia que as mãos são uma das maiores fontes de contaminação? Grande parte das atividades é feita com elas, sejam os trabalhos manuais, as limpezas de ambiente, abrir portas, dirigir, digitar, escrever... Por isso, devemos cuidar e proteger as mãos na medida certa para prevenir doenças. Levar as mãos à boca ou preparar alimentos - sem antes higienizá-las - é um erro que pode comprometer o bem-estar.

Parece que todos sabem isso, não mesmo? Mas a realidade é bem diferente, é preciso saber escolher os produtos adequados para proteger e cuidar das suas mãos. Para uma proteção eficaz, a gestora de ciência em microbiologia da Natura, Débora Rodrigues, recomenda o uso de sabonetes suave já que eles eliminam os germes e bactérias que podem causar doenças sem interferir naquelas que são responsáveis pela proteção do corpo. “Os produtos que têm agentes antibacterianos eliminam totalmente as defesas naturais e devem ser usados com moderação”, alerta.

Para quem cuida de bebês, realiza procedimentos hospitalares ou está em situações e lugares que exigem cuidados extremos como em sanitários, manipulação de alimentos ou lixo, o uso de antissépticos reforçam o procedimento de higiene das mãos, mas os mesmos não devem ser usados em excesso, aconselha Débora. “O gel antisséptico deve ser usado quando houver alto risco de contaminação ou não for possível lavar as mãos porque ele elimina 99,9% dos germes, mas não remove a sujeira e o uso contínuo elimina tanto as bactérias que podem causar doença quanto as que nos protegem”.

E o que fazer quando se está em um local em que não há sabonete? Neste caso limpar as mãos não é algo complicado, basta estar prevenido. “Quando estiver fora de casa e não puder lavar as mãos, use os lenços umedecidos para remover a sujeira. Eles podem ser usados com frequência”, conclui Débora.

Tão importante quanto usar o produto adequado é saber lavar as mãos corretamente. O procedimento de higienização é simples, como pode ser visto na ilustração abaixo. Molhe bem as mãos dos dois lados. Passe o sabão e esfregue dos dois lados e uma na outra, entre os dedos, o lado interno e o externo. O ideal é lavar até o início do antebraço. Depois, enxague até sair toda a espuma e seque com uma toalha descartável.

lavagem das mãos

30 anos de Erva Doce

A primeira linha de produtos da Natura - Erva Doce – completou 30 anos. Nesta trajetória esteve presente nas casas de muitas famílias, fazendo parte da história de avós, pais e filhos, com o seu perfume característico e marcante.

O primeiro produto da linha foi o sabonete líquido para as mãos - Erva Doce. De 1996 a 2000, a chegada de novos produtos fortaleceu a linha na área de cuidados pessoais e higiene como o sabonete em barra e líquido e hidratantes para o corpo.  

Em 2002 e 2003, foram lançados o desodorante spray, o roll-on e a categoria rosto com hidratante e loção de limpeza. Três anos depois houve ampliação no segmento banho com os sabonetes glicerinado e esfoliante, de espuma de limpeza e de sabonete gel para o corpo.

No ano passado, foi a vez do Ecocompacto, aerossol na fragrância Erva Doce e neste começo de 2015 duas novidades: o gel antisséptico para as mãos e os lenços umedecidos. Produtos que reforçam os cuidados com a higiene.

Redação Natura
20/01/2014