10 dicas para arrasar na hora de pintar o cabelo de loiro

Pintar o cabelo de loiro e conseguir aquela cor dos sonhos exige cuidados, mas com as nossas dicas você vai conseguir chegar lá.

Publicado em 3 mai 2018, 22:05

Seja em tons de mel, dourado, acinzentado ou platinado, o cabelo loiro tem a vantagem de dificilmente desbotar. “Por outro lado, ele pode passar por um processo de amarelamento, opacidade e até esverdeamento, se entrar em contato com o cloro sem proteção”, lembra Gui Cassolari, cabeleireiro oficial da Natura. Para manter a cor viva e cheia de brilho, o expert deu várias dicas de tratamentos para cabelos loiros. 

Leia também:

5 dicas para manter o visual renovado com cabelo tingido

Cabelo tingido: reacenda o brilho em 3 passos

O que é bom para evitar queda de cabelo? Descubra!

1. Escolha o tom

Mel, dourado, acinzentado ou platinado? Antes de qualquer coisa, bata um papo com o cabeleireiro sobre a cor que mais te agrada e como ele vai se adequar ao seu estilo e tom de pele.

2. Trate antes de descolorir

Tom decidido, chega a hora de preparar os fios para a coloração. Em geral, uma boa hidratação uma semana antes de descolorir é suficiente. Mas, se os cabelos estiverem muito danificados, avalie com o cabeleireiro se não é o caso de esperar um pouco mais ou apelar para um tratamento mais potente, como a reconstrução.

3. Invista em produtos desamareladores

Em tons de roxo ou violeta, os shampoos desamareladores são seus maiores aliados para manter a cor e o brilho do cabelo. Uma dica? Além de evitar o tom amarelado, o Shampoo Loiro Vivo Plant ajuda a tratar os fios danificados pela química e pela descoloração. Outra alternativa são os produtos matizadores, que podem ser aplicados a cada 40 dias, em média. Mas atenção: “Os matizadores puxam para tons acinzentados. Avalie se esse é o efeito que você procura antes de usar”, diz Gui Cassolari.

4. Hidratação para cabelos loiros

Para começar, planeje um cronograma capilar, que nada mais é do que uma agenda para cuidar dos seus fios com os tratamentos que ele precisa, como hidratação, nutrição e reconstrução. Se os fios estiverem muito porosos, comece pela reconstrução, pois sem ela, nenhum outro ativo vai penetrar na fibra. Se eles estiverem bastante ressecados, invista primeiro na nutrição e se o dano for pequeno, intensifique apenas a hidratação.

Para descolorir, o cabelo passa primeiro pelo processo de abertura de cutículas e nesse momento, água e nutrientes vão embora junto com a cor. “O cabelo perde substâncias naturais, fica ressecado e com mais frizz”, explica o especialista. Ou seja, precisamos retomar essa força que nutre e dá brilho, e isso requer ajuda.

5. Fique de olho em fatores externos

“Descolorir os cabelos, de forma geral, deixa os fios mais porosos e expostos a fatores externos, como o calor e a poluição”

diz Gui Cassolari, cabeleireiro oficial da Natura.

A principal consequência? Opacidade. Por isso, não deixe de nutrir as madeixas regularmente com produtos que ajudam a uniformizar a cutícula do fio, como a Máscara Intensa Revitalização Pós-química Plant.

6. Redobre a atenção no verão

O vento e a areia promovem uma esfoliação natural que deixa os fios opacos e ressecados – usar chapéu e prender o cabelo, além de usar cremes com filtro UV, são boas alternativas para driblar o problema. “E sempre que possível tome uma ducha de água doce depois dos banhos de mar e de piscina”, completa o expert.

7. Tenha sempre uma escova com você

Segundo Gui Cassolari, a boa e velha escova de cabelo é uma superaliada para realçar o brilho dos cabelos loiros. “A escovação ajuda a alinhar as cutículas capilares e dar brilho aos fios”, explica.

8. Reforce o brilho

Além de beleza, o brilho nos fios tingidos transmite vitalidade. Para conquistá-lo, não deixe de finalizar os cabelos com spray. Lisas e alisadas têm à disposição o Spray de Pentear Liso e Solto Natura Plant, enquanto as onduladas, cacheadas e crespas podem optar pelo Spray Reativador Umidificador Curvas Envolventes Natura Plant.

9. Proteja os fios de altas temperaturas

O ideal seria evitar aparelhos de alta temperatura, como secador, chapinha e babyliss, mas a gente sabe que é difícil. Então, quando optar por eles, tente encurtar o tempo de uso o máximo possível e regular a temperatura – no caso do secador, um jato frio no fim da secagem é bem-vindo. Também não esqueça de blindar os fios com protetores térmicos, como o Creme Pré-escova Liso e Solto Plant, que cria uma película que impede o ressecamento.

10. Retoque a raiz ou o reflexo nos intervalos corretos

“O retoque na raiz é indicado uma vez por mês para fios brancos e a cada dois ou três meses para reflexo”

Gui Cassolari.

Segundo o expert, o intervalo é adequado para que o fio se recupere da química até o próximo retoque.

 

Conheça os produtos