Encontre por

Cabelo tingido: 5 dicas para manter o visual renovado

Depois da química, é preciso investir em produtos específicos para cabelo tingido e fazer hidratações periódicas

Publicado em 4 mai 2018, 22:05

A coloração de cabelo é um procedimento capaz de renovar o visual feminino, mas que cobra atenção à rotina de cuidados. "A química pode enfraquecer e ressecar os fios, principalmente se eles não estiverem bem nutridos", afirma Gui Cassolari, cabeleireiro oficial da Natura.

Leia também:

Reacenda o brilho do cabelo tingido em 3 passos

O que é bom para evitar queda de cabelo? Saiba aqui

10 dicas para arrasar na hora de pintar o cabelo de loiro

O aparecimento de pontas duplas também pode ser outro sinal de que a fibra capilar saiu prejudicada no processo de coloração de cabelo. Para combater essas consequências indesejadas, é preciso investir em produtos específicos. "Desde o shampoo, todas as etapas de tratamento devem ser voltadas a cabelos com química", completa o especialista.

A seguir, Gui Cassolari dá cinco dicas para cuidar de cabelos recém-coloridos.

1. Após a coloração, restaure os fios

Logo após a aplicação da tinta, os cabelos tendem a ficar mais frágeis e suscetíveis a danos. "Nas três primeiras lavagens, intensifique o tratamento com o Kit Choque Tratamento Restaurador Imediato Pós-Química Plant", sugere Gui Cassolari. Ele reúne uma máscara regeneradora, um Sérum Potencializador de Restauração e um Sérum Restaurador Finalizador, que ajudam a restaurar o brilho e a prolongar o efeito da química. 

2. Dê atenção especial às lavagens

Para auxiliar na manutenção da cor, vale apostar na dupla de shampoo e condicionador específicos para o pós-química. "Esses produtos vão ajudar a segurar mais a cor, que sai muito rápido", indica o especialista. O retoque de tintura geralmente precisa ser feito a cada 30 ou 40 dias.

É importante observar ainda a frequência de lavagem. "Embora as tinturas atuais sejam mais resistentes, esse ainda é um fator de desbotamento da cor". Se você tiver cabelo oleoso, lave no máximo dia sim, dia não. Se for mais seco, espace ainda mais as lavagens. Não use shampoo de limpeza profunda, que pode fazer a cor desbotar ainda mais rapidamente.

3. Faça da hidratação a sua melhor amiga

Madeixas nutridas e hidratadas seguram mais a tintura, além de serem mais resistentes aos danos que ela pode causar. O ideal é hidratar os fios, preferencialmente toda semana ou, pelo menos, a cada dez dias. Quer mais um motivo? Cabelos tingidos perdem oleosidade natural, o que leva ao ressecamento e à opacidade. Se o seu cabelo tiver passado por descoloração antes de ser tingido, o tratamento é ainda mais importante. Se sentir que os fios estão muito porosos, invista em uma reconstrução mensal.

4. Não confunda crescimento com desbotamento

Vale lembrar que produtos específicos para cabelos com química podem prolongar o efeito da tintura, mas não vão adiar o crescimento dos fios e, em consequência, o aparecimento da cor natural na raiz. Segundo Gui Cassolari, é comum as mulheres confundirem o crescimento do cabelo com desbotamento da cor. Se a raiz começar a incomodar, considere usar tonalizantes antes de voltar ao salão.

5. Tenha sempre um óleo vegetal à mão

O cabelo tingido precisa de nutrição para ter brilho e uma cor mais duradoura e os óleos vegetais são riquíssimos em nutrientes. Você pode usá-los de três formas:

• Como pré-shampoo: aplique a quantidade equivalente ao tamanho de uma moeda de um real. Deixe agir por 5 minutos e lave os fios normalmente. 
• Misturado à máscara de tratamento: coloque na palma da mão a quantidade de máscara a ser usada, acrescente algumas gotas do óleo e misture com o dedo. Aplique em todo o comprimento dos fios e dê o tempo de pausa indicado na embalagem da máscara antes de enxaguar.
• Como finalizador: você pode usá-lo nos cabelos úmidos no lugar do creme sem enxágue ou uma pequena quantidade nos fios secos para discipliná-los, sempre que achar necessário.

Receba novidades

Cadastre-se e receba mais dicas

Conheça os produtos

R$ 0,00R$ 0,00