Qual é o seu tipo de cabelo? Entenda a classificação dos fios

Lisa, crespa, ondulada ou cacheada. Conhecer o tipo dos seus fios tornará mais fácil e acertada a escolha de produtos para sua rotina de cuidados

Publicado em 26 abr 2018, 14:04

Você já deve ter ouvido alguma amiga se referindo ao próprio cabelo com a frase “Sou tipo 2B” ou outra combinação de número e letra. O sistema de classificação foi criado pelo cabeleireiro americano Andre Walker – indo do 1A ao 4C – e pode ser um grande aliado na hora de escolher o produto mais eficiente para cuidar do seu cabelo.

Leia também:

7 dicas para lavar o cabelo corretamente

Guia completo para cabelo cacheado e crespo

Cronograma capilar: o que é e como seguir

"É fundamental investir nos produtos que vão agir na necessidade dos seus fios, seja qual for o tipo"

Guilherme Cassolari, cabeleireiro oficial da Natura

Entenda a seguir o sistema de classificação de Andre Walker. 

Tipo 1: cabelos lisos

Nos cabelos lisos, as letras diferenciam os fios e as texturas, já que esses não apresentam curvas.

1A: são fios finos, mais propensos a dar nó, devido à estrutura.

Liso 1A

1B: mistura fios finos com mais encorpados.

Cabelo liso 1B

1C: fios mais grossos, mais resistentes a curvas (o famoso “cabelo liso pesado”) e mais brilhantes do que os anteriores, devido à facilidade com que o óleo produzido no couro cabeludo chega até as pontas.

Liso 1C

Tipo 2: cabelos ondulados

 A partir dos cabelos ondulados, as letras diferenciam a textura dos fios e das curvas.

2A: fios finos e com uma suave onda no formato de “S” nas extremidades, deixando o desenho ondulado mais indefinido e com pouco volume.

Ondulado 2A

2B: fios com um pouco mais de definição no formato “S” da curva, podendo apresentar leve frizz no topo da cabeça.

Ondulado 2B

2C: fios com textura mais grossa, bastante volume e curva em “S” bem definida.

Ondulado 2C

Tipo 3: cabelos cacheados

Vão dos cachos soltos aos mais definidos.

3A: fios com curvas mais soltas. Tende a ser o mais hidratado dos três tipos e com maior peso, o que explica a leve perda de definição da curva. Em alguns casos, pode apresentar a raiz do fio lisa, por causa do peso.

Cacheado 3A

3B: fios com padrão de curva em formato “S”, com a raiz mais ondulada e cachos bem definidos e mais “fechados” do que o anterior.

Cacheado 3B

3C: não há consenso na hora de definir esse tipo de fio. É formado por cachos bem definidos e fechados ou “pequenos”. Pode ter definição desde a raiz, sendo considerado por alguns como cacheado e, por outros, como crespo.

Cacheado 3C

Tipo 4: cabelos crespos

Fios que variam entre o formato de “mola” bem apertado e o tipo ainda mais compacto, com menor definição da curva. Tendem a ser mais frágeis e ressecados.

4A: fios bem enrolados desde a raiz, com bastante volume, ondulação em formato de “mola” e forma levemente definida.

Crespo 4A

4B: fios bem enrolados e com ondulação em formato de “S”, podendo apresentar uma espessura mais fina, com alta densidade e, às vezes, com fragilidade.

Crespo 4B

4C: fios mais finos e frágeis, com padrão de ondulação em “Z”, não chegando a formar um cacho. Pode causar uma sensação visual de “pesado”, devido às curvas bem juntinhas. Mas não se engane: é o mais frágil dos três.

Crespo 4C

Dica

Para quem tem ondulações e curvas, a melhor forma de identificar o tipo de cabelo é analisá-lo molhado, uma vez que a maioria dos cuidados se inicia com ele assim. E não encane se achar que sua cabeleira tem mais de uma classificação: é perfeitamente possível e natural isso acontecer.

Agora, quem faz alisamento químico tem de passar pela transição capilar (o crescimento dos fios naturais) para, então, poder definir seu tipo.

Receba novidades

Cadastre-se e receba mais dicas

Conheça os produtos