Transição capilar: como enfrentar essa fase

Cansou do alisamento ou seu cabelo não aguenta mais tanta química? Saiba como dar adeus à progressiva e passar pela transição capilar

Publicado em 26 abr 2018, 20:04

A transição capilar consiste em abandonar as químicas transformadoras, como alisamento, relaxamento e progressiva, e assumir a beleza natural do cabelo. O especialista em cabelos da Natura Guilherme Cassolari conta que há cada vez mais mulheres com cabelo em transição para ficar com a textura original. "Está crescendo o número de mulheres usando o cabelo natural", diz o cabeleireiro, que acompanhou algumas clientes passando pela transição capilar. "Não é um processo fácil", adianta.

Leia também:

Como lavar o cabelo corretamente? Aqui te ensinamos

Guia completo para cuidar bem do cabelo cacheado e crespo

Tipos de cabelo: entenda a classificação de fios

Reunimos aqui as principais dicas do nosso especialista para enfrentar esse processo com confiança e conquistar cachos saudáveis, hidratados e fortes.

Comece a transição capilar abandonando a química

Para alcançar o cacho ou o crespo perfeito, é importante deixar para trás qualquer tipo de química para alisar, amaciar ou modelar os fios. No começo, vai ser difícil resistir à tentação, mas seja persistente. Outro desafio é evitar o calor em excesso. Durante a transição, fase em que seu cabelo estará se reestruturando, o ideal é abandonar o secador, a chapinha, o difusor e o modelador de cachos, pois eles danificam os fios.

Corte para crescer

Cassolari explica que o ideal seria cortar radicalmente os fios para eliminar a química por completo. Mas, como essa é a opção de poucas mulheres, vale visitar o cabeleireiro regularmente. "Cortar com mais frequência é importante para tirar os resíduos do alisamento", ensina o cabeleireiro. "Os cortes recorrentes agilizam o processo de crescimento e renovação dos fios." Se possível, corte mensalmente.

Invista nos produtos certos

Seu cabelo passou por um longo e sofrido período de tratamentos extremamente agressivos. O que ele mais precisa agora é de hidratação e tesoura. Nosso especialista indica apostar em produtos específicos para cabelo crespo e cacheado. "Utilize shampoo e condicionador específicos para ativar e definir seu tipo de cacho", recomenda Cassolari, que reforça a importância dos óleos reparadores para evitar os arrepiados e incrementar a hidratação.

Veja a seguir os principais problemas enfrentados por quem está passando pela transição capilar.

1. Ansiedade
"Se as mulheres ficam ansiosas? Muito! Querem tudo para ontem", brinca Cassolari. Nessa fase, é comum elas não se sentirem bonitas e, por isso, querem acelerar o processo para que os cachos poderosos finalmente surjam. Mas a dica é ter paciência e tentar alguns truques, como usar acessórios ou prender. "A transição pode demorar até dois anos para se completar sem cortar o cabelo", avisa o cabeleireiro. Mas nada de deixar a autoestima abalada, hein! É só uma fase.

2. O cabelo solto não agrada
Aqui a solução é simples: prenda! "Prender é uma opção. Hoje em dia as mulheres estão usando coques altos, cabelo preso de um jeito despojado. Então, na fase de transição, o rabo é a solução geral", diz Cassolari.

3. Não conhecer os próprios fios
Depois de tanto tempo no estica e puxa, é difícil saber com o que está lidando. Os fios que antes eram lisos de repente passam a ter texturas diferentes. E mais: várias texturas no mesmo fio! Muita coisa para assimilar de uma vez. Mas até a transição se completar, aposte nos truques de acessórios ou na texturização. 

4. Falta de dinheiro
Nesse momento de fragilidade, você quer fazer qualquer coisa para se livrar do problema, mas seguir as dicas que as pessoas lhe dão pode custar muito dinheiro. De qualquer forma não se desespere! Existem no mercado opções de produtos em conta para cuidar dos seus fios com a nova (velha) estrutura, como o Shampoo e o Condicionador Curvas Envolventes, de Plant, que já vão cuidar dos seus caracóis desde o início do ressurgimento deles, desembaraçando os fios e dando brilho e maciez sem pesar no visual e no bolso.

 

Conheça os produtos