Encontre por

Dia da Consciência Ecológica: 10 hábitos que você pode mudar em 2019

A data é um bom momento para adotar atitudes que podem diminuir impactos negativos no meio ambiente

Publicado em 21 dez 2018, 16:12

O Dia da Consciência Ecológica – celebrado em 22 de dezembro – surgiu como uma homenagem à data de morte do seringueiro e ecologista Francisco Alves Mendes Filho, o Chico Mendes. O brasileiro foi assassinado por fazendeiros no Acre, em 1988.

Leia também:

Por que o plástico é uma ameaça para o meio ambiente

Dia da Sobrecarga da Terra: você sabe o que é isso?

De onde vem o papel que a Natura usa nas nossas embalagens

Mendes era reconhecido por lutar contra o desmatamento e a exploração da Floresta Amazônica. Por isso a data serve para conscientizar que há maneiras de defender as matas e frear o aquecimento global e a produção excessiva de lixo. Quer saber como? Sugerimos dez ideias que você pode adotar.

1. Reduza seu lixo

Geramos toneladas de resíduos a cada dia, e o descarte de todo esse lixo é um dos grandes problemas dos centros urbanos. Por isso, quanto menos gerarmos materiais que serão descartados, melhor para o meio ambiente. Reciclar e reutilizar, portanto, são palavras de ordem para  2019. Abandone itens descartáveis como sacolas plásticas e reaproveite o que você já tem. Vale parar de desperdiçar comida e passar a carregar talheres, copo e ecobags na bolsa.

2. Separe o que é reciclável

Nem todos os materiais que usamos poderão ser reutilizados por nós, mas isso não significa que outras pessoas não possam fazer isso. Muitas cooperativas recolhem esses resíduos e fazem com que esse material volte ao mercado. Para ajudar nesse ciclo, garanta que seu lixo seja separado e descartado nos lugares certos. 

3. Pratique o consumo consciente

Quanto menos compramos, menos descartes fazemos, por isso procure fazer escolhas conscientes. Pense bem antes de comprar algo: será que realmente preciso disso? Há alguma forma de comprar sem gerar tanto lixo? Quando o assunto é roupa, experimente os brechós. No caso de cosméticos, que tal escolher produtos que tenham refil? 

4. Dê preferência a empresas que se preocupam com o meio ambiente

Há alguns anos, sabia-se pouco sobre como as coisas eram feitas, por quem e com que tipo de material. Hoje, transparência é tudo e, quando temos acesso a essas informações, podemos escolher melhor o que vamos consumir. 

Dessa maneira, é possível descobrir se a empresa da qual você está adquirindo algo se preocupa com o meio ambiente como você. Para saber como nós trabalhamos, por exemplo, basta navegar por este blog, no qual contamos como a sustentabilidade permeia todo nosso negócio.

5. De bicicleta ou transporte público

Os combustíveis fósseis geram altos índices de poluição no ar e é por isso que muita gente tem decidido restringir o uso do carro, por exemplo. Quanto menos usarmos esse tipo de combustível, mais ajudaremos a frear as mudanças climáticas. Para se locomover de um lugar para outro, que tal andar mais de bike ou transporte público ou pegar caronas? 

6. Descarte pilhas, baterias e eletrônicos da forma correta

Dentro de pilhas, baterias e eletrônicos há líquidos tóxicos que não são biodegradáveis. Com o passar dos anos, esses resíduos podem contaminar o solo e os lençóis freáticos. Para prevenir isso, o ideal é descartar esses materiais em locais específicos, como pontos de coleta, que posteriormente podem reutilizá-los.

7. Preserve a natureza ao seu redor

Perto de você há muito o que fazer pelo meio ambiente. Cuidar dos espaços verdes da cidade onde você vive e recolher o lixo dos parques e praias que você frequenta são algumas atitudes simples que podem fazer toda a diferença.

8. Tenha cuidado com o consumo de água

Banhos demorados e torneiras abertas provocam um significativo desperdício de água. Logo deixar esses hábitos para trás fará um bem enorme ao meio ambiente. Reaproveitar a água usada para lavar roupa na limpeza da casa é outra medida que colabora para um consumo mais consciente. 

9. Espalhe informação

Fazer a sua parte é importantíssimo, mas, sempre que puder, vale passar aquilo que sabe para o próximo. Algumas pessoas podem não ter encontrado soluções como você ou simplesmente não saberem do impacto de suas ações. Compartilhe seus hábitos positivos. 

10. Plante

Já pensou em ter sua própria horta? Alguns temperos e verduras podem facilmente ser cultivados em casa, mesmo em caso de pequenos espaços. Os benefícios são: saber a origem do que se come – e não correr o risco de consumir agrotóxicos – e gerar menos lixo.