Encontre por

Glossário LGBT+: entenda o que é queer, intersexual, gênero fluido e mais

Respeitar a diversidade de orientações sexuais e identidades de gênero faz parte do caminho por um mundo mais bonito

Publicado em 10 mai 2019, 13:05

Na década de 1990, GLS era a sigla que definia os espaços, os serviços e os eventos para a comunidade gay. Entretanto, por ser excludente e ignorar diversas outras orientações sexuais e identidades de gênero, a Associação Brasileira LGBT (ABGLT) atualizou a nomenclatura para LGBT, para representar lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais.

Leia também:

Impacto social: conheça a nossa causa pela diversidade

4 atitudes simples para criar crianças sem estereótipos de gênero

Natura apoia curso profissionalizante de maquiagem promovido pela Casa 1

Novas letras, como Q e I, surgiram, e nós, da Natura, decidimos usar LGBT+ para representar todes. A ONU, por exemplo, usa a sigla LGBTI. Afinal, o mundo é mais bonito quando entendemos e respeitamos a individualidade do ser humano!

Quer entender os termos que todas essas letras abrigam? Não deixe de ler este texto até o fim. No entanto, antes de embarcar nas cores do arco-íris, é preciso entender os conceitos: identidade de gênero, sexualidade, orientação sexual e expressão de gênero. 

  • IDENTIDADE DE GÊNERO: é a forma que a pessoa se entende como um indivíduo social.
  • SEXUALIDADE: está relacionada à genética binária em que o indivíduo nasceu: masculino, feminino e intersexual.
  • ORIENTAÇÃO SEXUAL: tem a ver com o desejo de se relacionar afetiva e/ou sexualmente com outros gêneros. Em um ciclo natural, essa descoberta acontece entre a infância e o início da adolescência, mas, por preconceito e discriminação, ela pode ser bloqueada e até mesmo negada.

Esclarecidos esses pontos, conheça algumas das definições contidas na sigla LGBT+ a seguir. Mas saiba que, independentemente de todos os nomes que você conhecerá mais a fundo, o importante é respeitar a nomenclatura com a qual o indivíduo se identifica e como ele se autodenomina. 

  • AGÊNERO: aquele que tem identidade de gênero neutra.
  • ANDRÓGENO: é a pessoa cuja expressão de gênero transita entre os dois polos, homem e mulher. Em geral, o andrógeno usa roupas, corte de cabelo e acessórios, por exemplo, considerados unissex.
  • ASSEXUAL: aquele que não possui desejos sexuais.
  • BISSEXUAL: pessoa que sente atração por homens e mulheres. 
  • CROSSDRESSER: oriundo do fetiche do homem de se vestir como mulher, o crossdresser usa roupas do gênero oposto ocasionalmente, mas não faz modificações permanentes. 
  • DRAG QUEEN/KING: refere-se ao indivíduo que se monta de acordo com o gênero oposto para performances artísticas. 
  • GAY: homem que sente atração sexual/afetiva por outros homens.
  • GÊNERO FLUIDO: pessoa que é ou se entende como mulher em algum momento da vida, homem em outro, e transita por outras identidades de gênero.  
  • INTERSEXUAL: o termo substitui a palavra “hermafrodita” e define a pessoa que tem características sexuais femininas e masculinas – genitália e aparelho reprodutor. 
  • LÉSBICA: mulher que sente atração sexual/afetiva por outras mulheres.  
  • NÃO BINÁRIO: o não binário sente que seu gênero está além ou entre homem e mulher e pode defini-lo com outro nome e de maneira totalmente diferente.
  • PANSEXUAL: atração sexual ou romântica por qualquer sexo ou identidade de gênero. 
  • QUEER: ao pé da letra, a palavra significa estranho e sempre foi usada como ofensa a pessoas LGBT+. No entanto, a comunidade LGBT+ se apropriou do termo e hoje é uma forma de designar todos que não se encaixam na heterocisnormatividade, que é a imposição compulsória da heterossexualidade e da cisgeneridade. 
  • TRANSEXUAL/TRAVESTI: a pessoa não se identifica com o gênero atribuído a ela no nascimento (é o oposto do indivíduo cisgênero). dessa forma, ao longo da vida, faz modificações (cirúrgicas ou não) para se sentir pertencente ao gênero com o qual se identifica.
  • TRANSGÊNERO: é o indivíduo que se opõe, que TRANSgride e TRANScende a ideologia heterocisnormativa imposta socialmente.
  • CISGÊNERO: é quando a identidade de gênero do indivíduo está de acordo com a identidade de gênero socialmente atribuída ao seu sexo.