Guia completo sobre a acne: causas, tratamentos e mitos e verdades


Sair da adolescência e ainda sofrer com os indesejáveis cravos e espinhas é mais comum do que se imagina. Entenda a acne e como tratá-la.

Publicado em 3 mai 2018, 21:05

A acne é uma das principais reclamações dentro dos consultórios dermatológicos. E, ao contrário do que muitos pensam, não é um problema exclusivo de adolescentes. Adultos de todas as idades também sofrem com as marquinhas no rosto. Nome técnico dado a espinhas e cravos, a acne é formada por pontos de infecção que surgem como consequência de um processo inflamatório das glândulas sebáceas e dos folículos pilossebáceos. 

Entre as causas mais comuns para o aparecimento da acne adulta, estão as alterações hormonais, dieta inadequada, rica em gordura, e uso incorreto de cremes e cosméticos. Em alguns casos, pode haver ainda uma predisposição genética.

Rotina antiacne

Em alguns casos, um tratamento dermatológico, com a prescrição de remédios, é necessário. Mas mudanças na rotina de cuidados com a pele podem trazer resultados bastante satisfatórios. Confira abaixo quatro rituais de cuidados com a pele fáceis de implementar no dia a dia para deixá-la mais bonita e saudável.

1. Limpar

Uma boa prevenção começa com a higiene adequada da pele. O ideal é aplicar um sabonete ou um produto indicado para tratar a acne ou a oleosidade. Se a promessa for de desobstrução dos poros, melhor ainda. Mas aqui vale um alerta: a limpeza excessiva é prejudicial e pode causar o famoso “efeito rebote”, uma resposta do organismo à falta de hidratação natural. Como efeito, a pele reage produzindo mais sebo subcutâneo. Portanto, lave o rosto no máximo três vezes ao dia.

2. Tonificar

Na sequência, é indicado aplicar um tônico para pele oleosa, que colabora para contrair os poros, eliminar as impurezas e controlar a oleosidade, evitando o surgimento da acne. Procure pelo ácido salicílico na fórmula. Capaz de limpar e desobstruir os poros, o tônico facial é fundamental para amenizar os processos inflamatórios causados por cravos e espinhas.

3. Hidratar

Existe um mito de que pele oleosa não precisa de hidratação, mas isso não é verdade. Basta escolher o hidratante específico para seu tipo de pele. Para quem sofre com excesso de oleosidade, o Hidratante Protetor Matificante FPS 15, de Tez, pode ser a solução. Esse hidratante para pele oleosa garante uma pele macia e sequinha, com efeito matte. 

4. Proteger

Por fim, mas não menos importante, nunca se esqueça do protetor solar no rosto! O uso deve ser diário, mesmo em dias nublados, quando os raios UVB continuam agindo para o envelhecimento precoce da pele. O fator de proteção mínimo continua sendo 30, mas como a pele do rosto requer cuidados especiais, fica a dica de investir em um produto com alta proteção. 

E lembre-se de que pele oleosa não é desculpa para escapar da loção, hein?! O Gel Creme Protetor Facial FPS 60, de Fotoequilíbrio, desenvolvido especialmente para peles mistas e oleosas, não contém óleo na fórmula, garantindo superproteção com textura leve e toque sequinho.

Mitos e verdades no tratamento contra a acne

Veja quais são as principais dúvidas sobre a acne e o que é mito ou verdade.

A acne é hereditária?

Verdade.

O fator genético é muito importante e pode influenciar.

A acne é contagiosa?

Mito.
A acne é uma condição não contagiosa e sua causa varia de pessoa para pessoa.

A acne piora no período pré-menstrual?

Depende.
Em algumas pacientes, sim; em outras, não. Mas, geralmente, pacientes que possuem essa característica têm o quadro mediado por fatores hormonais.

A acne pode ocorrer em qualquer idade e não só na adolescência?

Depende.
A acne ocorre em idades em que as glândulas sebáceas estão em maior atividade, podendo ocorrer até os 40 anos. No entanto, há outras formas de acne que podem ocorrer em outras idades.

O estresse não afeta os quadros de acne?

Mito.
O estresse altera o estímulo hormonal para a produção das glândulas sebáceas, podendo piorar a acne.

Comer alimentos gordurosos piora a acne?

Verdade.
Esses alimentos podem influenciar a produção das glândulas sebáceas e piorar o quadro.

O clima quente faz com que apareçam mais espinhas?

Verdade.
Quanto mais quente o clima, mais oleosa a pele fica.

Os cravos pretos são causados pela poluição?

Mito.
Os cravos pretos são causados por oxidação dos ácidos graxos que são sintetizados pelas glândulas sebáceas e não dependem da qualidade do ar.

É importante usar produtos próprios para a pele com acne na limpeza diária?

Verdade. 

Cada tipo de pele pede um tratamento específico que deve ser respeitado. Em geral, é preciso limpar a pele com sabonete neutro, tonificar com uma loção adstringente e finalizar o tratamento com hidratante. Esse combo ajuda a reduzir a oleosidade da pele.

Conheça os produtos