Contra testes em animais: Natura conquista certificação Peta

A organização americana reconheceu nosso compromisso de não testar produtos nem matérias-primas em animais

Publicado em 1 nov 2018, 22:11

Na primeira semana de outubro de 2018, recebemos a certificação da organização Peta (People for the Ethical Treatment of Animals) pelo não uso de testes em animais para garantir a segurança e a eficácia de nossos produtos e matérias-primas.

Criada nos Estados Unidos, a Peta é uma organização que luta mundialmente pelos direitos dos animais.

Leia também:

Sem testar em animais, como a Natura garante a segurança dos seus produtos?

Natura conquista o selo The Leaping Bunny, da Cruelty Free International

The Body Shop entrega petição na ONU pelo fim dos testes em animais

Desde 2006, não testamos produtos nem ingredientes em animais, o que não quer dizer que deixamos de lado a preocupação com segurança e eficácia. Em substituição a eles, investimos em ciência, inovação e tecnologia, adotando métodos alternativos como testes em pele 3D (desenvolvida em laboratório).

Cruelty Free

A certificação da Peta não é a primeira que recebemos por esse compromisso. Em setembro, nossos esforços foram reconhecidos com o selo The Leapping Bunny, da organização inglesa Cruelty Free International, outra defensora dos direitos dos animais.

Ainda somos uma das empresas listadas pelo Projeto Esperança Animal (PEA), uma entidade ambiental brasileira que luta contra o abuso e a crueldade com os animais.

As certificações tornam a nossa comunicação sobre esse tema ainda mais transparente. Esse é um compromisso que assumimos há mais de uma década e, desde então, investimos muito em inovação e tecnologia”, afirma Roseli Mello, nossa diretora de Inovação e Segurança do Consumidor.